Exorcismo Real de Anneliese Michel

 

annelisie Exorcismo Real de Anneliese Michel

Annelisie aos 15 anos

Anneliese Michel, nascida em 21 de setembro de 1952 em uma pequena cidade da Baviera.

Filha de Josef e Anna, a mais nova de 4 irmãs, pais humildes de uma família católica.

Todas tiveram criação religiosa e uma vida aparentemente normal, até que, em 1968, o quadro começou a mudar.

Sem aviso algo mudou em sua vida em um dia não especificado desse ano, quando ela começou a tremer e percebeu que não tinha mais controle sobre seu próprio corpo; ela rezava quando teve esse ataque. Não foi possível localizar seus pais e nem suas irmãs, depois do tratamento emergencial, um neurologista da Clínica Psiquiátrica Wurzburg, na Alemanha, a diagnosticou com o “grande mal” da epilepsia.

Devido à forte apreensão e depressão que se seguiu, Anneliese foi internada para tratamento no hospital, onde foram indicados medicamentos para epilepsia e ela ficou em observação.
Ela, entretanto, começou a relatar visões durante os ataques (seus músculos se tornavam rígidos, seu tórax inchava e ela se contorcia com força desproporcional ao seu tamanho). Visões essas de criaturas demoníacas que davam ordens à ela e diziam que ela “ferveria no inferno” caso não fosse obediente, assim ela se voltava cada vez mais para as suas orações.

Gostaria de dizer aqui que ela citou essas alucinações visuais e auditivas apenas uma vez aos médicos, e foi tratada com desdém, mas com a impossibilidade deles a ajudarem (seu quadro visivelmente piorava) a família também se voltou à religião, procurando algum padre ou pastor (se tivesse uma dessas igrejas evangélicas de garagem ela teria sido curada quase que automaticamente, desde que a família pagasse os 10% , claro).

A igreja, no entanto, negou quando, 1973, uma mãe desesperada pedia ajuda ao padre de sua paróquia. Ele alegou que, para que fosse feito o exorcismo, era necessário que se provasse a possessão e alguns dos requisitos são aversão a objetos religiosos, falar em línguas que a pessoa nunca aprendeu e poderes sobrenaturais.

Estamos agora em 1974, quando o Pastor Ernst Alt que visitou a casa da família pediu permissão ao Bispo de Wurzburg para fazer o exorcismo; permissão que foi negada por um superior almofadinha que nem se dignou a visitar a moça e que ainda por cima recomendou que a garota deveria ter uma vida religiosa para encontrar a paz (mal sabe ele que a possível possessão tenha possivelmente ocorrido devido à formação religiosa dela. Acredito que, se ela fosse budista, esse tipo de entidade não “tomaria conta” dela).

El+Exorcismo+de+Anneliese+Michel Exorcismo Real de Anneliese Michel

Fotos de uma das sessões de exorcismo

Ela continuou piorando… não se alimentava mais da comida da mãe, dizia que os demônios não permitiam,  dormia no chão, quebrava todos os símbolos religiosos que apareciam na sua frente, insultava, mordia e agredia todos que se aproximavam, comia aranhas, moscas e carvão, bebia a própria urina… estava em uma situação realmente degradante. Mas piorou. Começou a se mutilar e seus gritos eram ouvidos durante horas.

Em setembro de 1975, o Bispo de Wurzburg, Josef Stangl, finalmente verificou a gravidade da situação e ordenou ao Padre Arnold Renz e ao Pastor Ernst Alt a praticar um “grande exorcismo” em Anneliese.

A base para este ritual foi o “Ritual Romanum” criado no século XVII e que era ainda válido legalmente. Verificaram em conversa com a possuída que ela devia ser salvada de vários demônios, incluindo Lúcifer, Judas Iscariote, Nero, Caim, Hitler e Fleischmann, um padre excomungado do século  XVI e algumas outras almas atormentadas que se manifestavam através dela. Entre setembro de 1975 e julho de 1976 ele executou umas duas sessões de exorcismo por semana.

Os ataques eram por vezes tão fortes que a franzina garota precisava ser sustentado por três homens e tiveram de amarrá-la diversas vezes.  Durante este tempo, Anneliese, de volta à vida, de certa forma, normal, voltou pra faculdade de Pedagogia que cursava na  Academia de Wurzburg e ia à igreja.

Os ataques, porém, não param. Na verdade, o seu corpo se paralisava e caia inconsciente logo depois. O exorcismo continuou ao longo de muitos meses, sempre com as mesmas orações e feitiços. Às vezes, presentes no ritual haviam membros da família e alguns visitantes, incluindo um casal que alegou ter “descoberto” Anneliese. Durante várias semanas, Anneliese se recusou a comer e seus joelhos foram arruinados por causa de 600 flexões que fazia obsessivamente durante cada sessão.  Foram feitas mais de 40 gravações durante o caso, a fim de preservar os detalhes.

O último ritual foi em 30 de junho de 1976. No dia seguinte a mãe registrou o falecimento da filha.

Seus pais, o pastor e o padre foram julgados e condenados por negligência, e cumpriram apenas seis meses de reclusão.
Os legistas chegaram a conclusão de que ela morreu de fome e que, se a família a obrigasse a se internar ou ao menos a comer algo, ela sobreviveria.
Suas últimas palavras para a mãe foram “Mamãe estou com medo”.

Hoje ela é vista como uma pessoa santa, seu túmulo é local de peregrinação e muitos a reverenciam por sua força ao lutar contra o demônio, em aguentar toda aquela provação.

Abaixo seguem algumas fotos em uma montagem com o áudio original de uma das sessões, de uma época que falar línguas estranhas em transe era coisa do mal.

Essa história inspirou o filme “O exorcista” e o julgamento dos acusados o filme “O Exorcismo de Emily Rose ” .

Quando esse primeiro foi lançado houve um surto de “possessões”, mais uma prova de que as pessoas sofrem sim influências externas. Vejo sempre exemplos assim… Se uma FDP resolve, por exemplo, abandonar uma criança na lata de lixo, sempre vemos vários casos semelhantes nas semanas seguintes.

Somos só imitadores ou há realmente algo além?

Exorcismo Real de Anneliese Michel

Fontes:

Estarrecente

Tejiendo El mundo

moz screenshot Exorcismo Real de Anneliese Michel
pixel Exorcismo Real de Anneliese Michel

Comments

comments

Autor e diretor do blog Cachorro Solitário e apresentador do Podcast Cadeia de Eventos.

44 thoughts on “Exorcismo Real de Anneliese Michel

  1. Realmente eu não discordo da existencia de tal poder sobrenatural, tanto do bem quanto do mal.

    Porém temos que saber ”diferenciar” se possível, uma posseção de uma doença mental. Por exemplo, uma pessoa que venha a desenvolver uma esquisofrenia extrema pode muito bem ser confundida como uma posseção( por ter ilusões, alguns casos alterações de vozes, e pode apresentar risco a outras pessoas)
    Tem casos também de acidentes onde a pessoa pode bater a cabeça com muita força e desencadear uma sindrome, onde mesmo nunca tendo aprendido, a pessoa ”fala” outros idiomas.
    Então esse é um tema que ainda vai muito longe, as vezes não podemos julgar tudo como uma posseção ou como uma doença mental, acho eu que esta questão está longe de ter um fim aceitavel.

    Parabens pela matéria!!

  2. Presbitero Gustavo

    Infelizmente essa moça foi uma vitima da falta de conhecimento em relação as coisas espirituais que constam na biblia… lá tem várias histórias que eu creio veridicas de Jesus e seus discipulos expulsando demonios, e quando Jesus voltou ao céu Ele deixou essa missão com os aqueles que iriam seguir os seus ensinamentos e entregariam a vida para defender as verdades que Jesus pregou, e essas pessoas iriam expulsar esses demonios apenas dando ordens em nome de Jesus, tudo isso esta relatado na biblia nos evangelhos Mateus, Marcos, Lucas e João… E o que mais me me deixa triste é ver o quanto a humanidade perece por falta de conhecimento biblico e a visão generalizada que se tem da igreja hoje em dia, que vivemos em torno de dinheiro que tudo se resume em dizimo e etc… E quem esta de fora não sabe e nem poderia julgar o que acontece dentro dos templos justamente por não conhecer e sendo assim falam daquilo que não entendem. Mais é assim mesmo a própria biblia diz que as pessoas iriam nos perseguir!!!
    Fica com Deus !

    • Diogo C. Scooby

      Certamente o clero errou nesse caso, mas fica difícil acusar uma entidade com séculos de existência, que guardou os ensinamentos biblicos de Jesus por muitos anos em segredo de falta de conhecimento.
      Acusá-los de arrogância seria mais adequado.
      As igrejas São Sim um comércio. Não culpo os fiéis claro, mas pelo o que eu tenho visto ( pelo menos aqui no meu bairro) o ensinamentoda palavra fica em segundo plano.
      E eu falo do que sei, do que vi, “irmão”.
      Mas acho isso natural, o ser humano é assim, a sociedade é assim, não condeno não, tem que ganhar dinheiro mesmo. Só me incomodam algumas técnicas utilizadas pra se convencer os as pessoas de que só há uma verdade e que essa é a da igreja X a das poutras não presta. A igreja católica entendeu depois de muito tempo que há sim um só caminho, mas há diversas maneiras de se chegar à ele.
      Um dia os que estão fora do mundo vão entender isso também.
      Abraço cara valeu pela visita!
      Fica com Deus também!

  3. caralho velho!! não sei se é fake mas o audio da medo pacas!!
    nem conssegui escutar tudo!!
    so muito bundão!!

  4. Não acredito nesse tipo de coisa…

    Ou é pura encenação..ou então isso tem haver com algum problema psicológico que a dita cuja tenha desenvolvido com a possivel pressão religiosa que provavelmente os país derão a ela …Como na epoca não havia conhecimento para tratamentos psicológicos adequado…A falta de tratamento fez com que o transtorno se agravave e gerando resultados catastróficos ao estado mental da pessoa..

    • Axo que tem gente que nem se toca, vem critica sem nem ao menos conhecer a  verdadeira história de Anneliese, essa histórica é veridica, a pena dada para os pais o padre e os demais que participaram do caso, é pouca justamente por terem realmente visto de que ela não morreu em função do exorcismo, as 40 fitas registradas são uma prova de que ela não tinha nenhum problema mental, pois por várias vezes foi medicada com calmantes que dexariam muita gente inconciente por mais de 1 dia, sem contar que a medicina não encontrou nenhuma solução para seu caso, mais o tribunal não poderia dar o caso como sobrenatural e se foce dado nunca seria encerrado, então resolveram dar as pais e aos outros uma pena minima apenas para que uma falça justiça fosse feita, o caso é um dos poucos já afirmados como REAL pelo vaticano, sendo comfirmados como possesões demoniacas e não como doenças mentais.
      Sendo assim o caso com certeza é mais que real.
      ok…

    • Digite o texto aqui
      cara nao fala bobeira ta legal

  5. Faço das palavras Presbitero Gustavo as minhas….
    Infelizmente essa moça foi uma vitima da falta de conhecimento em relação as coisas espirituais que constam na biblia… lá tem várias histórias que eu creio veridicas de Jesus e seus discipulos expulsando demonios, e quando Jesus voltou ao céu Ele deixou essa missão com os aqueles que iriam seguir os seus ensinamentos e entregariam a vida para defender as verdades que Jesus pregou, e essas pessoas iriam expulsar esses demonios apenas dando ordens em nome de Jesus, tudo isso esta relatado na biblia nos evangelhos Mateus, Marcos, Lucas e João… E o que mais me me deixa triste é ver o quanto a humanidade perece por falta de conhecimento biblico e a visão generalizada que se tem da igreja hoje em dia, que vivemos em torno de dinheiro que tudo se resume em dizimo e etc… E quem esta de fora não sabe e nem poderia julgar o que acontece dentro dos templos justamente por não conhecer e sendo assim falam daquilo que não entendem. Mais é assim mesmo a própria biblia diz que as pessoas iriam nos perseguir!!!
    Fica com Deus !

    • Diogo C. Scooby

      Uma ova cara! esse é um caso muito bem documentado e mundialmente conhecido!
      Mas eu não acho que seja o diabo ou algo assim.
      Eu nem acredito em diabo.

  6. ja ouviram falar em raiva !! ???

  7. KKK PARECE UMA MOTO-SERRA !!!! KKKKK RI MUITO !!

  8. Esse vídeo não é fake, essa historia realmente existiu.
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Anneliese_Michel

    O link comprova.

    Porém, isso é uma doença mal tratada. Se ela estivesse encaminhada para profissionais competentes concertesa seria salva.

    A religião mais uma vez, demonstrou sua fraquesa e ignorância.

  9. Inspirou o filme “O Exorcista”??? Perae, pelo que eu sempre li, foi inspirado numa “possessão” de uma pessoa do sexo masculino!

    Além do mais: http://www.sedentario.org/category/colunas/teoria-da-conspiracao/

    • Diogo C. Scooby

      Na verdade esse caso do garoto de 13 anos, que ocorreu em 1949, cujo nome jamais foi revelado pela igreja, inspirou o livro no qual o filme se baseia.
      Entretanto, a comoção gerada no caso de Aneelise, e obviamente alguns de seus acontecimento, também foram influência para o filme.

  10. inspirou o filme “O exorcismo de Emyle Rose”

  11. Niguem pode afirmar com certeza que exista esse tipo de coisa ..
    nem tbm pode discordar ..
    porque isso nunca niguem vai intender completamente .. pode-se dizer que os pais poderiam ter levado ela pra se tratar em em hospital pra pelo menos ela se alimentar ,, e receber o soro … sem acabar com as seções de exorcismo ..
    maaas pow .. dexar ela em casa morrendo de fome e sede é foda …

    Bjsmil

    • Diogo C. Scooby

      Concordo cara, mas os pais parece que eram simples camponeses ignorantes, acreditaram na igreja e infelizmente perderam a filha.
      MAs sei lá…Quantas pessoas ja “foram salvas” também?
      Abraço!

  12. O Exorcismo de Anneliese Michel | IssoÉBizarro - O natural e o sobrenatural

    [...] ps¹; Esse post foi uma dica do Jonan Macedo, e foi copiada e colada do Cachorro Solitário [...]

  13. nuss mel se naum for só eu mas naum consegui ouvir tudo!
    muito aterrorisante! :|
    uiiiiiii!
    sai de mim Satanaaazo!

  14. Aterrorizante! Sem dúvidas muitas coisas deixam dúvidas, mas o desconhecido vem sempre carregado de mística e descrença. Mas a vida está sempre imitando a arte, ou seria o contrário?

    http://www.movieplace.com.br

    • No inicio do cinema certamente ele era apenas um retrato da realida, mas apartir do momento em que ele passou a Criar historias, enredos ( Chaplin foi certamente um dos pioneiro) , ele passou também a influenciar a vida,e a partir dai começou a haver uma troca.

  15. bem acredito nisso mas ! devemos ora "

  16. CARA É O FANTASMA DA MENINA SE APRESENTANDO EM FORMA HUMANA!

  17. [...] This post was mentioned on Twitter by Diogo Lima, Diogo C.. Diogo C. said: http://migre.me/aJoo – Exorcismo Real de Anneliese Michel [...]

  18. não tem nada de sobrenatural. Já na época de freud se daria o nome de histeria, um comportamente patológico gerado da tensão entre pulsões x repressões. Um ambiente rígido católico hard pressionando uma jovem aparentemente normal, com pensamentos e desejos sexuais, por exemplo. Culpa, raiva, um desequilíbrio neurofisiológico levado até as últimas consequencias, sem nenhum tratamento objetivo. Uma certa culpa dos pais atenuada pela própria ignorancia, ou desconhecimento.
    Tudo o que ela precisava era ser afastada do contexto religioso opressivo, mas o q foi feito foi exatamente o contrário. Também a adolescencia, período onde a ação hormonal poem em tilt o sistema nervoso, pôde ter um efeito amplificador de problemas emocionais.

    • Ah cara…esse lance de usar a adolescência pra justificar as loucuras não cola.
      Isso é papo furado, desculpa pra moleque que faz besteira, pra indústrias venderem seu lixo da moda e pras emissoras de TV fazerem reportagens e novelinhas imbecilizantes. . TODOS somos responsáveis por nossos atos, a não ser em casos de debilidade mental grave.

      A pressão religiosa realmente é preocupante, e já causou inúmeras vitimas, o que é muito triste.

      Abraço!

  19. Vejo que as pessoas defendem sempre uma coisa ou outra…
    Acho que ninguem realmente sabe e nem saberá a verdade, pois ninguem é dono dela e nem pode afirmar com certeza o que aconteceu.
    Vocês sabem o que é BIPOLARIDADE? Não, não é apenas a alteração de humor. Existem vários níveis de bipolaridade, sendo que o mais grave, leva
    a pessoa a ter alucinações, convulções, enrigecimento do corpo nos momentos de crise, ataques de fúria, tendências suicidas e até homicidas.
    Pois é, não podemos classificar as pessoas que tem transtornos mentais, apenas de esquizofrenicos ou psicopatas, ou alguma coisa já conhecida de nosso vocabulário popular.
    Conheço pelo menos sete pessoas que são bipolares. Os médicos demoram
    a diagnosticar a doença e as vezes ainda fazer o diagnóstico errado.
    Quem tem bipolaridade, acaba sendo confundido com mau caráter, mentiroso, egoísta, louco, agressivo, promíscuo, entre outras “nomenclaturas”.
    Conclusão….não julgue as coisas, apenas do seu ponto de vista. Ninguem sabe realmente o que acontece no universo. Pode ser espiritual, pode ser mental,
    pode tudo…

    • Calma ai Kel…tem gente bipolar que é mau caráter, mentiroso, egoísta, louco, agressivo, promíscuo,etc . Se não fosse assim, TUDO seria diagnosticado como doença, então vai chegar o dia que a humanidade vai viver à base de medicamentos… É isso o que as industrias farmaceuticas querem, é claro.
      E não sei…os sintomas dela são muito mais próximos do que poderia ser classificado como esquizofrenia do que com bipolaridade ( que é uma “doença da moda” nos mais “descolados” da nossa sociedade que, ficam tristes uns dias e alegre em outro e já acham que são doentes.)

      • Não Diogo, não é nada disso!!! Não diga uma coisa destas por favor!!!! Estou falando de algo que sei, não estou adivinhando ou concluindo nada. E não sou eu que sou bipolar não viu.
        Tudo o que descrevi, são fatos que pesquisei e presenciei. Não estou supondo nada. Na verdade você está falando exatamente o que as pessoas errôneamente falam, ou seja,  que o bipolar fica alegre e triste, e que é uma doença da moda e etc….NÃO. Estas caracteristicas que citei, são exatamente as características de um bipolar. E o bipolar grave, pode ficar exatamente como a Annelise. E a bipolaridade não está na moda não, já existe a milênios.
        Inclusive Van Gohg era bipolar.
        Sei que você é um menino inteligente….por tanto dê uma pesquisada, e vai entender um pouco sobre o assunto. E nunca diga que bipolaridade é modismo. Conheço pessoas que sofrem muito com a doença e são internadas muitas vezes.
        Se falei tudo que falei, é porque tenho conhecimento no assunto. Não iria jamais falar sobre um assunto sem buscar o máximo de conhecimento.
        A bipolaridade já existe a muitos anos, porém nunca fora dada, a devida importância. As pessoas acabavam sendo tachadas de tudo o que citei lá em cima, mas na verdade são características muito fortes da doença.
        E ah!!! Sobre achar que tudo é doença, acho que grande parte dos ditos desvios de personalidades são doenças sim, e por isto, tento entender o ser humano. E acho que os cientistas ainda nem descobriram metade das doenças mentais que nos cercam. E acho também, que deve ser terrível ter uma doença destas, que te faz agir de forma descontrolada, estranha, agressiva, e que te faça perder o controle, e que te faça cometer loucuras, etc.
        Viu como não podemos julgar ninguem? Sobre tudo se falamos de algo ainda desconhecido? Sim porque a bipolaridade que você está falando, é a que todos pensam ser ” oscilações de humor”. E te digo…isto é apenas um detalhe
        da doença.
        A bipolaridade tem quatro níveis – o nivel um, o dois, o três e o quatro. O nível um é o mais grave, e o que faz com que a pessoa sofra de delírios e alucinações e o que pode levá-la ao suicídio e como falei até homicídio, devido ao estado de alucinação e agressividade. Neste estágio da doença,
        a única saída é a internação.
        Imagine Diogo, as criaturas sem condições financeiras para a tal internação, e passando por um momento grave da doença? E ainda aquelas, que nem sabem que isto existe? E as que acahm que tudo é frescura?
        Bom….eu sempre rezo por não ter nada disso, mas como conheço muita gente que tem, rezo para que sejam compreendidas.

        Leia sobre bipolaridade no Wikipédia. Faça uma matéria sobre isto, pois seria importante esclarecer as pessoas.

        Abraços

        • Eu realmente conheci pessoas que são melodramáticas e outras que são hipocondriacas, então não me entenda mal, pois também estou me baseando em vivência. 
          E sobre o mau ( ou as manifestações dele) ser ou não uma doença ai já é outro assunto!
          Obrigado pelos esclarecimentos Kel! É nessas horas que sinto mais vontade de fazer esse blog crescer e alcançar mais pessoas.

          Abraço.

        • Olá! Acabei 'caindo' aki nessa pág pq digitei no google: epilepsia – bipolaridade – exorcismo.
          Me apresento: sou cristã, gosto de ler a bíblia (às vezes mais a título de curiosidade), tenho fé e sou temente a Deus, mas não tenho nenhum tipo de regularidade para orar (é só qnd dá vontade mesmo), às vezes rezo o terço e não frequento nenhuma igreja (tenho tentado frequentar um centro kardecista, mas parece q sempre as coisas conspiram p eu n poder ir hehe). Para minha mãe, católica-apostólica-romana, que até a chave da igreja tem, eu sou uma decepção em termos de religião. (continua)

  20. Que Deus cuide dela agora , pois ela sofreu muito, so pra mostrar pro mundo o poder do Diabo. e QUE so Deus pode nos salvar desse , mundo crueu………..

  21. é um ótimo poster, eu sempre gosto de ler o que você encreve, no meu site tambèm tem ums contéudos e umas notícias interessantes. abraços.http://sensuaisegatas.blogspot.com

  22. Eu acredito que o que aconteceu com Anneliese foi possessão. Por que aconteceu comigo em 22 de novembro deste ano. Fui diagnosticada com transtorno psicótico agudo e para minha sorte o médico disse que além de tomar os remédios eu teria que ter aconpanhamento espiritual, em outras palavras "ser exorcizada". Eu não lembro de nada do que eu dizia ou fazia, apenas sei através do que meu marido, irmão e minha mãe contam. Só sei que no meu pequeno momento de lucidez , lembrei do filme de "Emily Rose" e orei pedindo a Nossa Senhora que intercedece por mim, por que eu não comungava há três anos. Ela conversou comigo num sonho e disse o que eu tinha que fazer. Se foi real ou não ou se as pessoas pra quem eu conto acreditam ou não, eu não ligo; por que eu estou curada e minha família acredita em mim. Pra mim isso é o que importa. Eu poderia escrever um livro sobre essa experiência, mas quem daria crédito pra uma pessoa que mal frequenta a igreja e também nenhuma crise minha foi registrada, só pode confirmar quem viu: os vizinhos viram eu sai gritando na rua, tinha aversão a biblia, ouvia vozes, tinha pesadelos. Enfim foi experiência que jamais vou esquecer, por que eu era muito racional, tanto é que assisti todos os filmes de exorcismo que já existiu e acreditava que sempre tinha uma explicação de um profissional a respeito. Hoje eu acredito que a medicina têm um limite, por que chegou a um ponto que eu tinha crises mesmo dopada. Só foi possível eu ficar curada com ajuda de medicina e de Deus. E pra mim Anneleise deveria ter sobrevido pra contar a sua história, mas segundo consta ela escolheu o mártirio.

    Agraços.

    Michele

    Macapá-AP

    • achei muito interessante sua historia gostaria de conversar com vc sobre a historia da anneliese michel estou pesquisando sobre ela e queria sua ajuda

  23. Oi a todos,

    Nenhum de nós pode afirmar com toda a certeza o que aconteceu com Anneleise ou com voçê Michele, uma coisa tenho plena certeza na vida, nossa mente tem muita força, e se acreditamos que vamos nos salvar, nós nos salvamos!

  24. michele gostaria de conversar com@ vc sobre esse assunto no msn

  25. É interessante o caso dela, essa história toda é intrigante. Só quem estava lá, viu e ouviu tudo, acompanhou de perto, sabe o que houve ali, o sofrimento dela, imagina vc estar diante de alguém possivelmente doente, com graves problemas psicológicos, que se diz estar possuída por forças malignas, e estando presente lá, vendo aquilo tudo, a voz estranha, os gritos macabros e tenebrosos que ela produzia, realmente seria assustador, é um momento para se pensar: Ela estava doente ou estava mesmo possuída…?!

  26. Como no filme" O Ritual " de Anthony Hopkins ,ele mesmo faz um papel de um padre exorcista a frase que me marcou é ;"Mesmo vc nao acreditando no diabo ,isso nao te livrará dele"!se existe o Bem existe o mal,basta nós termos o bom senso de disernir ,e buscar a Deus pois só ele nos livra de todo mal,amem.

  27. Oi Max!

    Não saberia te explicar exatamente como acontece, mas sei que a ciência explica. Teríamos que pesquisar mais profundamente, mas parece que tem a ver com algo que nosso cérebro registra (de alguma forma) e que seríamos capazes de reproduzir, sem nem mesmo dominarmos o assunto, no caso, outras linguas.  Enfim…não conhecemos nem a metade da capacidade do cérebro humano.

    No caso de Annelise, sabe-se que ela cursava pedagogia na universidade, mas

    vi uma matéria, certa vez, sobre uma menina que passou por um momento de “possessão” e que falou uma lingua desconhecida durante o ocorrido, sem nunca ter tido contato com a tal lingua. Após o fato, descobriu-se que ela havia estado em uma lavanderia, onde tinha algo escrito na parede, no mesmo idioma que ela reproduziu. Incrível né? 

    O fato de nosso cérebro reproduzir algo, inclusive explicaria as “possessões”

    que acontecem em igrejas e etc…sobre tudo se a pessoa tiver algum problema mental, pois dizem os cientistas, que elas seríam mais facilmente influencia- das por estímulos, do que outras pessoas.

    Mas quero deixar claro que acredito em tudo, até que se prove o contrário, ou seja, acredito nos cientistas, nos médicos, nos espíritos e tudo mais.

    Ah!!! Diogo!! Desculpe por não ter respondido seu e-mail…correria..mas obrigada pelo convite. Quem sabe qualquer hora eu escreva algo…mas pode usar meu texto e até reformular e usar como quiser.

    Abraços

    Kel 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>